terça-feira, 8 de março de 2022

A infinita hipocrisia da sociedade brasileira

Pessoal, nunca fiz uma postagem aqui nesse blog que fosse centrada em assuntos políticos, porém nesse caso aqui estou me vendo na obrigação de fazê-lo.

Todos vocês devem estar sabendo sobre o polêmico caso do Arthur do Val, o “Mamãe Falei“, e um áudio que foi vazado dele falando algumas coisas bastante bizarras sobre as mulheres ucranianas. Pois bem, acredito que é unânime a opinião de que aquelas coisas que ele falou foram medonhas, mas meu ponto aqui não é esse. O ponto é: como essas declarações dele se comparam com os absurdos que presenciamos nesse país o tempo inteiro?

Minha intenção aqui não é relativizar nada. Um erro não justifica o outro, todo mundo que tem um mínimo de senso crítico sabe disso. Mas quem tem esse mínimo de senso crítico também deve ser capaz de observar a seletividade absoluta com a qual as coisas são tratadas no Brasil.

Na ALESP, que é a assembléia legislativa de São Paulo, houve casos como esse, em que um deputado APALPOU UMA COLEGA DENTRO DO PLENÁRIO (você não leu errado, o cara pegou nas teta da deputada). O que aconteceu com ele? Ele foi apenas suspenso. Ele não perdeu o mandato.

E que tal esse caso aqui? O deputado Gil Diniz agrediu o Arthur. O vídeo é nítido: o Arthur está evitando o confronto, porém o cara continua indo atrás dele. O que aconteceu com esse Gil Diniz? NADA.

Esse caso aqui já é um velho conhecido aqui na Banânia: o dinheiro na cueca. O QUE DIABOS ACONTECEU NESSE CASO? PORRA NENHUMA. Essa merda prescreveu e os envolvidos saíram ilesos (e mais ricos).

Qual foi a grande comoção das pessoas, dos paladinos da justiça, dos grandes defensores dos bons costumes, da mídia, dessa merda de sociedade na qual estamos inseridos, nesses casos que citei? Exatamente isso que você pensou, não houve comoção. Isso é um sinal extremamente claro de como vivemos em uma sociedade absolutamente hipócrita, em que é mais importante você pagar de defensor das mulheres em situação de guerra do que você de fato defender o que é certo. A comoção ocorre apenas quando convém. QUERO VER CADA UM DE VOCÊS QUE ESTÁ LENDO ESSA MERDA AQUI TER SUAS CONVERSAS PRIVADAS VAZADAS. Muito provavelmente TODOS seriam cancelados, ninguém é santo nessa porra. Não sei quanto à vocês, mas eu não compartilho desses valores. Essa sociedade hipócrita, canceladora, que inverte os valores de tudo tá me deixando muito cansado.

Vamos muito provavelmente perder um dos melhores parlamentares do país (isso não é opinião, isso é fato. Basta você fazer suas pesquisas sobre os gastos do cara, as propostas, as relatorias e etc e você verá) por conta de uma hipocrisia sem tamanho, enquanto o líder da porra das pesquisas pra presidência do país é um bandido que protagonizou talvez o maior escândalo de corrupção do mundo, enquanto o segundo colocado é um débil mental que sempre viveu as custas da teta estatal e nunca produziu nada.


Enfim, eu só queria fazer esse desabafo mesmo. O desgosto por esse país aqui nunca foi maior pra mim.

14 comentários:

  1. É... mas esse Arthur nesse vídeo aqui tava chamando pro pau o deputado:
    https://www.youtube.com/watch?v=M556ooC3DnM&ab_channel=JornalOGlobo

    KKKKKKKKKKKKKKK'

    Não gosto desse tal Mamãe Falei e nem do MBL, é só mais um que gosta de jogar para mídia. Essa viagem dele para a Ucrânia, qual o propósito? O que trouxe de relevante a presença dele lá?? Nada. Ele diz "foi com o meu dinheiro e não o dinheiro público", mas para mim ficou a sensação de que ele bancou a viagem apenas na intenção de se promover, pois a presença dele por lá foi irrelevante.

    Agora concordo com você sobre as críticas sobre outros episódios que ninguém fez nada a respeito ou então simplesmente passaram pano, infelizmente o país é dominado pelos "dois pesos e duas medidas".

    Abraços,
    Pi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Apenas uma correção de que não ficou claro se no vídeo que dei link era um deputado, um representante sindical ou outra pessoa na casa legislativa.

      Entretanto o discurso desse Mamãe Falei antes desse show de horrores de agressão foi deprimente, ofendeu cidadãos que estavam na plateia da ALESP com palavras de baixo calão, que acho que não cabem para ninguém (no caso eram membros de sindicatos). Achei vergonhosa a atitude dele.

      Não sou morador de SP, mas se fosse eu não votaria nele.

      Abraços,
      Pi

      Excluir
    2. PI, vamos lá:

      Nessa viagem pra Ucrânia eles arrecadaram MAIS DE DUZENTOS E SETENTA MIL REAIS. A prestação de contas completa já foi publicada pelo MBL. Eles usaram esse dinheiro pra comprar N artigos diferentes para distribuir ao exército ucraniano e refugiados, além de terem ajudado a fazer as compras, empacotar, dirigir carros e caminhões, carregar e descarregar as coisas, enfim. Essa é basicamente a definição de uma ação humanitária. Ele precisava ter ido pra lá? Não, não precisava, mas o cara foi (no meio do recesso de carnaval e com o próprio dinheiro). Não tem como negar esses resultados, pode ser que ele tenha feito isso pra gerar algum destaque sim, mas isso não invalida os 270K arrecadados. É simples.

      Sobre esse vídeo na ALESP, você precisa ver o vídeo completo no canal dele. Esses “cidadãos” que estavam na plateia estavam gritando “vai morrer!”. Que cidadãos são esses será, hein? Você costuma falar esse tipo de coisa pra pessoas? Eu não costumo. Não acho que sejam “cidadãos” como eu e você.

      Excluir
    3. A presença desse cara na Ucrânia é totalmente irrelevante para o esforço humanitário. Legal, foi arrecadado 270k! Mas dá para arrecadar 270k sem precisar fazer essa "viagem humanitária" e doar os custos da viagem também.

      Agora ver uma fila de refugiados e vir a cabeça o quão gostosas eram as mulheres da fila e que "elas são fáceis pois são pobres"? Bom, é no mínimo repugnante.

      Em relação ao vídeo da ALESP, não vi o vídeo onde os sindicalistas estão falando "vai morrer!" para o deputado, mas a escolha de nivelar o debate por baixo é totalmente dele. Ele poderia muito tempo ter pegado o microfone e ter feito um discurso propositivo e de repúdio as ameaças que estava sofrendo, o que foi tudo menos o que ele fez.

      Para mim esse Arthur pela forma de agir dele como político tá mais para uma espécie de "populista de direita".

      Abraços,
      Pi

      Excluir
    4. Pi, você perdeu o fio da meada, ninguém quer defender o que ele falou, mas não se compara com o que acontece no Brasil. Ele será cassado, não pelo o que disse, mas por ser uma oposição a tudo que temos há décadas no Brasil. A esquerda e os bolsonaristas irão se unir para cassa-lo, depois pode me cobrar. O caso posto pelo ET é notório, o deputado APALPOU o peito da outra e foi suspenso.

      Excluir
  2. sou da opinião de que as redes sociais acabaram com o convívio social sereno das pessoas.
    Ao contrário do que disse o criador do facebook, de que a rede social iria aproximar as pessoas, na minha opinião ela dividiu as pessoas.
    Eu não tenho nenhuma rede social. WhatsApp só uso para o trabalho para contato com minha chefe e meu parceiro de auditorias. Mais nada.

    Acho que a tendência é só piorar. As pessoas se sentem ofendidas por pouca coisa e sentem um prazer imenso em ofender os outros, em apontar defeitos e diminuir quem pensa/age diferente. Esses tipos de condutas são facilmente realizadas via redes sociais.

    MAS ... o melhor do post foi o final em que você mete o ferro no luladrao e no bolsolixo. São duas pessoas terríveis, principalmente o último, que é um débil mental completo.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anon, o que me deixa abismado é essa cultura do cancelamento que está reinando na Banânia, e que é acompanhada de uma hipocrisia sem tamanhos e de uma seletividade idem. Estamos fodidos nesse país.

      Excluir
  3. Realmente uma pena. Me parecia um dos poucos caras com boas intenções na política. Mas nesse caso não tem muito para onde correr. Errou tem que arcar com as consequências (inclusive o cancelamento). Pra mim esse argumento de "a outro fez pior e deu em nada" é complicado de engolir. Fica o aprendizado mais uma vez "vc é dono do que cala e inimigo do que fala".

    Abs,
    Chavão

    ResponderExcluir
  4. A hipocrisia é gritante, sem dúvida. Ao mesmo tempo, dado o histórico do sujeito e este episódio em particular, fica meio complicado acreditar nas boas intenções dele. Abs!

    https://ficandotranquilo.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  5. O problema é que esse caso extrapolou as fronteiras nacionais. A repercussão foi internacional.
    Há todo um contexto de guerra que agrava a situação. Ponha-se no lugar dos ucranianos: Enquanto os homens ucranianos estão enfrentando os russos sem saber se voltarão vivos, aparece um deputado latino americano do nada, e fala um monte de groselha sobre suas mulheres, filhas e irmãs. Os ucranianos ficaram putos da vida. Com toda razão. Já tem gente na Ucrânia oferecendo prêmio pela cabeça do Arthur.
    No mundo inteiro essa história pegou muito mal. Esse deputado envergonhou todos os brasileiros no exterior. Ficou a impressão de que os políticos brasileiros são um bando de aproveitadores que viajam para zonas de guerra com a intenção de se aproveitar de refugiadas de guerra, pois são "fáceis porque são pobres". O mundo inteiro ficou de olho nessa história. O mínimo que se espera é que a Alesp casse o mandato e os direitos políticos desse deputado. Caso isso não aconteça será mais um motivo de vergonha para o Brasil no exterior.

    Obs: Eu vi esse deputado pedir desculpas pra todo mundo (pra mãe, pra namorada, pros amigos, etc.) Só não se desculpou com quem ele mais ofendeu: as mulheres ucranianas. Esse fato só vem reforçar mais ainda o mau-carátere má índole desse sujeito.

    ResponderExcluir
  6. Olhando por esse lado, realmente seus argumentos são fortes para a cassação.

    ResponderExcluir
  7. Engenheiro,

    Tirando a aparente estima que vc tem pelo Arthur (não é uma crítica, apenas uma percepção minha), concordo 100% com vc. Principalmente ao descrever nosso provável segundo turno presidencial.

    Cara... tem uma cartilha insana em vigor... pessoas foram pra televisão chorar pelas falas do cara, enquanto não rolou 1 lágrima pelas centenas/milhares de mortos de um guerra insana!!!

    Eu entendo seu ponto: é a métrica / a dosimetria!!!

    Como pode reações tão enérgicas devido a um fato X e reações tão brandas e até indiferentes a fato Y descaradamente muito pior.

    Bizarro isso!

    Um vídeo do Murilo Couto ele aborda isso: https://www.youtube.com/watch?v=efZcN4dgg6s

    "o que ele falou é horrível, mas o pior é que eu tenho uns 15 amigos que falariam a mesma coisa num grupo de futebol do whatsapp"

    No mais, é sair pra beber com os amigos pra manter a saúde mental.

    Abraço!!!

    ResponderExcluir
  8. Sinceramente, nem achei o áudio tão ofensivo.

    É apenas o pensamento de um cara deslumbrado com a beleza das mulheres de outro país, independentemente do contexto de guerra.

    Garanto que a maioria dos homens pensa igual. Quem negar, ou não gosta da coisa ou está mentindo.

    Ele apenas cometeu a estupidez de gravar um áudio sobre isso e mandar para um grupo de falsos amigos.

    A indignação da sociedade é de conveniência. Sujeito fez muitos desafetos ao longo dos últimos anos e estão de aproveitando de um deslize para derrubá-lo.

    O cancelamento está sendo promovido por homens que pensam e fazem coisas ainda piores. A cassação, por políticos com denúncias muito mais graves.

    Não é hipocrisia o que está acontecendo. É vingança mesmo.

    Ele deu um motivo qualquer, estão aproveitando a oportunidade.

    ResponderExcluir